A venda por e-commerce é incentivada pelo Facebook e Instagram durante a crise

Mesmo com o cenário econômico instável, o e-commerce continuou crescendo, mostrando ser uma excelente alternativa para o consumidor que busca bons negócios, tendo o facebook e o instagram como um dos principais canais de publicidade.

Em 2015, as vendas no setor cresceram 15% em relação a 2014 e o faturamento bateu a marca de R$41,3 bilhões. Em 2015, mais de 39 milhões de brasileiros realizaram ao menos uma compra online. O que levou o número de lojas online no país a crescer cerca de 21,52% entre fevereiro de 2015 e 2016, o crescimento esperado para o este ano é 18%.
As pessoas estão usando a internet também para tomar decisões de compras. A maioria dos internautas brasileiros, usam a internet antes de realiza-las, através de pesquisa de produtos e preços; por último as realizam no site que mais as satisfazem.

Quando as pessoas estão conectadas, na maior parte do tempo, estão em plataformas sociais: 85% acessam essas plataformas ao menos uma vez por dia, um número maior do que o de pessoas que assistem televisão (76%), ouve rádio (48%) ou lê revistas (22%) todos os dias.

É mais atrativo para as marcas encontrarem seus consumidores em plataformas como Facebook e Instagram do que em qualquer outras ao longo do dia. Com muitas pessoas conectadas aos seus celulares durante todo dia e em atividades sociais, é evidente que essas plataformas são essências para a descoberta de marcas e produtos.
Os brasileiros ficam impactados com anúncios online e, muitas empresas estão se aproveitando disso para impulsionar as vendas de suas lojas online. Para que o e-commerce possa alcançar pessoas multiconectadas é preciso planejar campanhas mais eficazes em diferentes telas e prender atenção dos internautas que seja o público alvo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *